16 de mai de 2011

o poder de criar

O poder criador é uma bagagem que o ser humano leva consigo ao entrar neste mundo. É uma qualificação de sua própria natureza. É a luz que ilumina sua identidade e a torna diferente de todos os outros seres.
BIODANÇA em ARGILA quer conectar com esta luz originária e instalar nela um processo crescente de iluminação. E a medida em que esta energia vai se instalando, a identidade entra num processo de expansão.

BIODANÇA em ARGILA  é um modo simples e profundo de resgatar a identidade de dentro de muitos conflitos e expressões adquiridos ao longo da vida. Parece ser uma maneira de tocar no centro da identidade e conectá-la com suas origens.
Se a identidade consegue entrar em contato com a fonte dela mesma, aos pouco as cadeias que a detinham se dissolvem e toda a identidade se torna expressiva. Identidade sem expressão não passa de uma água parada!

Para que BIODANÇA em ARGILA?
Trata-se de fazer de si mesmo a obra-prima de sua própria identidade. É o alvorecer e o acontecer de uma estética antropológica sem horizontes! É o refinamento da própria identidade nas suas características mais essenciais.
(Dorli Signor)